Bom Bril ataca seu próprio portifólio

28 06 2010

Na guerra por Market share, com apelo ecológico, a gigante Bom Bril lançou uma campanha publicitária (veja um dos vídeos logo abaixo) atacando as famosas esponjas de cozinha (Scotch-Brite, Assolan, Condor e tantas outras existentes no mercado).

Vídeo 1 – Bom Bril atacando – Youtube

Até aí, não há problema algum, correto?

Sim seria a resposta mais adequada se a própria Bom Bril não fosse fabricante de uma destas esponjas de cozinha.

Estaria a Bom Bril esquecendo de consultar sua própria lista de produtos antes de criar campanhas publicitárias atacando produtos que fazem parte de seu portifólio?

Não acredita que a Bom Bril também tenha uma esponja de cozinha? Acha que este tipo de erro só acontece em empresas pequenas?

Olha aí o print do site da Bom Bril apresentando sua esponja ESPONJEX.

Acesse aqui o site da Bom Bril para ver mais detalhes sobre a ESPONJEX.

Bom Bril agora com 1002 utilidades: a mais recente é atacar seus próprios produtos!!! #FAIL

Assista outro vídeo da Bom Bril atacando as esponjas de cozinha (agora sem mostrar as esponjas por ação judicial):

http://vimeo.com/12651287

Don’t Give Up!

Anúncios

Ações

Information

16 responses

5 07 2010
RESOL - BRASIL!

fail nada, uma vez q a esponjex é uma (sub)marca q não tem peso nenhum no mercado, então ao invés de promover a esponjex a bombril acabou por promover seu roduto mais rentável e de quebra atacar a concorrência!

5 07 2010
Blog Estrategiando

Obrigado Resol – Brasil.

Concordo com sua observação sobre a estratégia de promover o bombril, mas e quanto ao apelo ecológico? Não estaria a Bom Bril criticando algo que ela também faz, como as outras esponjas?

5 07 2010
Eduardo

Caro,

não acho uma falha, é muito mais acerto. Para eles é muito melhor ganhar mercado com o bombril e deixar seu produto a esponja de lado, como podemos ver muita gente nem sabe que a empresa tambem fabrica esponjas de limpeza, seria um sacrificio muito proveitoso, antes de criticarmos alguma ação publicitaria, deveriamos saber do briefing assim poderiamos concluir com precisão sabendo o problema e a estrategia que a empresa busca.

5 07 2010
Blog Estrategiando

Eduardo, obrigado pela contribuição.

Concordo que a esponja da Bom Bril deveria ter sido tirada do portifólio para que a campanha com apelo ecológico surtisse mais efeito.

Continue acessando e comentando no Estrategiando. Este espaço é nosso e todos têm direito de expressar suas considerações.

Um abraço,

Arthur D’ávilla

5 07 2010
Bizuex

Bombril é de aço carbono (biodegradável).

A outra não é de aço inox? Aço inox não é biodegradável…..

5 07 2010
Blog Estrategiando

Obrigado Bizuex.

Continue acessando e comentando no Estrategiando.

Um abraço,

Arthur D’ávilla

5 07 2010
Marcelo

o que isso quer dizer?

FAIL de quem escreveu e não pensou nos 2 lados da moeda ;D

5 07 2010
Blog Estrategiando

Obrigado pelo acesso Marcelo.

Continue acessando e comentando no Estrategiando.

Um abraço,

Arthur D’ávilla

5 07 2010
JoaoMls

Cara, não saco muito de publicidade, mas como suposto cliente da marca eu acharia no mínimo estranho alguém bater em um produto que fabrica. Pode-se dizer que a campanha foi bem feita, se caso tenha atigindo o escopo, mas essa pode ser considerada uma falha. Fica meio implicito que a Bombrill quer ganhar grana com a campanha e não simplesmente se mostrar preocupada com o meio ambiente. Lógico que toda empresa, que se diz responsável ambientalmente, quer saber é do retorno disso ($$), mas o esquisito é deixar isso tão a amostra. Acho que o post não foi mal feito. Afinal a intensão da propaganda foi mostrar a responsabilidade ambiental da palha de aço e a irresponsabilidade de quem fabrica esponja…

5 07 2010
Blog Estrategiando

JoaoMls, obrigado pela contribuição.

Eu também não sou especialista em publicidade (nem propaganda e marketing).

Apenas utilizei minha experiência em estratégia para notar que algo está errado neste caso específico da Bom Bril e por isso coloquei o post à disposição para que o pessoal especialista ou não, possam expressar suas percepções sobre o assunto.

Estou muito feliz com os comentários que o pessoal têm postado aqui no Estrategiando.

Continue acessando e comentando no Estrategiando.

Um abraço,

Arthur D’ávilla

5 07 2010
Emilio

A principal estratégia da propaganda é chamar a atenção para si…isso foi genial…eles conseguiram chamar a atenção para 2 produtos de uma vez só O.o
Vcs nao conheciam a esponja bombril…mas agora conhecem…”falem bem ou mau mas falem de mim”
A bombril de fato sabe fazer boas propagandas…

6 07 2010
Blog Estrategiando

Boa noite Emilio. Obrigado por participar.

Muito boa sua contribuição. Parabéns.

Continue acessando e comentando no Estrategiando.

Um abraço,

Arthur D’ávilla

15 07 2010
Observador

Acho que seria legal ter divulgado a fonte. Pela imagem ta na cara de onde voce pegou o conteudo.

15 07 2010
Blog Estrategiando

Caro Observador, obrigado pro acessar o Estrategiando.

Sobre seu comentário, gostaria de informar:

1- O texto é de minha autoria (o conceito de market share está com link da fonte), portanto, não cabe citar nenhuma informação adicional.

2- Os vídeos foram adicionados com links do próprio canal da Bom Bril no Youtube (público), portanto, também estou referenciando a fonte, mesmo sendo desnecessário.

3- As imagens utilizadas (fotos das esponjas, print screen do site da Bom Bril e a logo da Bom Bril) também foram inseridas a partir de urls públicas).

Ainda complementando, todos os links utilizados no post foram adicionados como trackbacks e portanto seus propriétarios foram informados.

Verifique os demais posts do Estrategiando e poderá perceber que a citação da Fonte é uma preocupação que tenho, quando necessário.

O direito autoral é uma preocupação que tenho.

Muito obrigado pela participação.

Um abraço,

Arthur D’ávilla

26 07 2010
Condor

Olá amigos!
Eu até e achei estranho como foi feito o marketing do produto,pois a Bombril tem sim ; uma linha de esponjas, e não é só a exponjex . O portifólio das esponjas inclui esponjas mult- uso até ant- aderente. A empresa não é a fabricante destas esponjas,haja visto que todo o processo é terceirizado .

Algumas imformações.
A lã de aço da Bombril e produzida através de aço de arames da Guerdal, e não possui nenhum revestimento de carbono,a sua deteorização vem pelos detergentes usados para lavar louças. (Faça um teste de colocar o esponja de aço dentro do pote de sabão em pasta que voçê terá um aproveitamento de no minimo 10 dias de uso).

A lã de aço é o carro chefe da empresa e representa 60% do faturamento e receita.
As esponjas sinteticas em questão tem um valor agregado muito maior, e em quanto para se ganhar 30% em lã de aço tem que se vender 140 unidades,em esponjas sinteticas esse ganho fica em torno de 12 und,sendo que não há volume de vendas para justificar os custos e beneficios.

Outro fato importante é que as vendas de lã de aço, tem tido uma retração anual de 10%,e que esse tipo de produto só existe para fins domestico; aqui na América Latina, pois os países da Europa e Estados Unidos, aboliram a lã de aço há decadas; utilizando-se de esponjas de fios de politileno.

Pergunta que não quer calar!!.
Se as esponjas sinteticas agridem a natureza?( São reciclaveis),as esponjas de aço vem de um recurso natural não renovavel!! (Minério ) e aí????

Obrigado pelo espaço e deixo a reflexão.

Perguntas que não querem calar?

26 07 2010
Blog Estrategiando

Olá Condor.

Muito obrigado por informações tão claras.

Você apresentou grandes reflexões.

Vamos ver qualserá a reação dos leitores do Estrategiando.

Continue acessando e comentando.

Este espaço foi criado com este objetivo.

Forte abraço,

Arthur D’ávilla.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: